Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Caue Oliveira
Escrito por Caue Oliveira em 11 de fevereiro, 2023
Junte-se aos melhores

A comunidade de Sellers Shopee que mais cresce no Brasil

Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping
Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Vender na Shopee através do Dropshipping é bom? É lucrativo? No artigo de hoje, vamos conversar passo a passo para começar a vender ainda hoje utilizando o Dropshipping na plataforma.

Além disso, irei mostrar os prós e contras de fazer o Dropshipping, assim como iria entregar uma lista de fornecedores, distribuidores, fabricantes especializados em Dropshipping.

Mas antes deste artigo maravilhoso começar. Irei disponibilizar um vídeo para aqueles que preferem absorver um conhecimento de forma diferente, segue o link abaixo do vídeo com tudo que você precisa saber sobre Como vender sem estoque na Shopee:

Como funciona o Dropshipping na Shopee

O Dropshipping é como se fosse um triângulo, em cada ponta tem uma pessoa, por exemplo, em uma ponta tem você, na outra o cliente e na outra o Dropshipping. Então, basicamente você utiliza o estoque de alguém, a expedição de alguém e a estrutura física de alguém para vender.

Mas, o que seria expedição? Aquele processo de separar a mercadoria, embalar a mercadoria e postar ela.

Uma vez que você vende, esse Dropshipping faz todo o processo. Então o seu único trabalho tecnicamente, é focar na venda, porque o resto quem faz é o Drop.

Noções básicas de Dropshipping na Shopee

Agora que você entendeu isso, vamos às noções básicas de Dropshipping. Cauê, como eu começo na Shopee fazendo Dropshipping? Como eu disse, muito simples, primeiro você precisa de um fornecedor, distribuidor ou fabricante que faça o Dropshipping para você.

Uma vez que você tem esse parceiro, você vai criar uma conta na Shopee, vai cadastrar os produtos dele na plataforma, com isso, vai começar a divulgar. Basicamente, o seu início é esse na plataforma.

Qual endereço utilizar na Shopee com o Dropshipping?

Você sempre vai utilizar o endereço do Dropshipping no seu cadastro, por exemplo, você mora em Minas Gerais e o seu Drop está no estado de São Paulo, ele não vai conseguir postar um produto de Minas estando em SP.

Então você vai precisar utilizar o endereço dele, exceto quando você está na mesma cidade do Drop, aí, sim, você pode utilizar o seu endereço.

Ah, Cauê, eu quero trabalhar com mais de um Drop. Não tem problema, você vai ter que criar mais de uma conta na plataforma em CPF diferentes, não pode ser no mesmo CPF.

Pagar antes ou depois para o Dropshipping?

Uma dúvida que muitos têm, eu pago antes ou depois para o fornecedor de Dropshipping? 99% das vezes, você vai pagar antes. Então você precisa ter pelo menos uns R$150 a R$200 para começar.

Alguns Dropshipping aceitam cartões de crédito, mas, normalmente você paga um pouco mais caro, aí precisa analisar se você vai ser competitivo pagando no cartão de crédito. Mas, a princípio, de R$150 a R$200, você já consegue começar.

Afinal, você não precisa fazer um estoque, você vai comprar quanto vender, se não vender você não compra.

Por exemplo, digamos que você colocou um produto no seu Drop que ele vai te passar a R$10, e você vai colocar na Shopee por R$20 e vendeu. Então quando você vender, você vai pagar 18% para a plataforma de comissão, vai te sobrar R$16,40, esse dinheiro você paga os R$10 da compra da mercadoria. Então o que te sobra líquido, é R$6,40.

Após realizar a venda, você vai mandar a etiqueta para o Drop, com o produto e o comprovante de pagamento. Com isso, ele vai fazer todo o processo de expedição para despachar o produto para o seu cliente.

Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping
Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Dropshipping é crime na Shopee?

O Dropshipping é crime? Não, deixo muito bem claro, ele não é crime. O crime, é você não emitir nota fiscal, sendo Drop ou não. Então você que possui uma loja, um estoque próprio que não emite nota fiscal, no pé da letra é crime.

Minha opinião pessoal sobre o Dropshipping na Shopee

Cauê, sua opinião sobre o Dropshipping? Eu acho que para quem está começando neste mercado, não conseguir um fornecedor, distribuidor ou fabricante, que não tem um capital para fazer um estoque, criar uma estrutura, eu acho válido.

Vai ao Drop, faz uma parceria, começa a trabalhar, pega o lucro e começa a reinvestir no próprio negócio. Com isso, você vai começar a ter um capital de giro, com ele, é importante que você comece a ter um estoque seu.

Prós e contra do Dropshipping na Shopee

Por quê? Trabalhar com o Drop, existe o lado com e ruim, qual o lado bom? Que você não tem dor de cabeça com expedição, você não precisa separar mercadoria, embalar, conferir, despachar, tudo quem é seu parceiro, o seu foco é somente na venda.

O lado ruim, você sempre vai depender de terceiros, e se amanhã o seu Drop resolver fechar as portas, como você vai ficar? E se o seu Drop atrasar o pedido? E se o seu Drop manda o pedido errado. Então, tem o lado contra.

A minha opinião é, faça um giro de capital, começa a ter o seu próprio estoque, aí você pode mesclar, um pouco de Drop e um pouco de estoque. Com isso, gradativamente você vai saindo do Dropshipping, não desligue a chave e liga a chave do estoque seu, porque você pode sentir a perda das vendas.

Então, faça um processo bem organizado, bem gradativo, pouco a pouco vai saindo do Drop.

Ah, eu não quero sair do Drop. Então no mínimo faça essa mesclagem, um pouco de Drop e um pouco de produtos do seu estoque físico, assim, você sempre vai ter uma diversificação.

Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping
Shopee: Mil Reais Por Dia Com Dropshipping

Produtos para vender com Dropshipping na Shopee

A primeira coisa que precisamos verificar, é encontrar um vendedor que tenha uma boa diversificação de produtos. Então, você pode ir ao nicho que gosta, por exemplo, modas, eletrônicos, o importante é você começar no nicho que mais conhece e depois vai conhecendo outros.

Eu irei começar em roupas femininas, a primeira coisa que você precisa se atentar, é procurar vendedores que esteja dentro da sua cidade, porque você pode colocar o seu endereço de remetente e se tiver qualquer problema de devolução, fica muito mais fácil a solução do problema.

Caso você não consiga, recomendo que você procure vendedores do sudeste, por exemplo, São Paulo, Rio de Janeiro, enfim. Lembrando que você precisa procurar vendedores que possuem bastante vendas.

Após encontrar esses vendedores, você vai à loja deles e identifica se ele possui uma diversificação de produtos. Em seguida, você vai verificar se esses vendedores enviam os produtos através da transportadora, afinal, esse é o nosso intuito. Você consegue visualizar isso dentro do anúncio do vendedor.

Se for correios é opcional a emissão de nota fiscal, se não for correios, é obrigatório a emissão de nota fiscal.

Devo entrar em contato com fornecedores na Shopee?

Ah, Cauê, eu vou entrar em contato com ele e colocar todos os produtos dele para vender? Não, você vai escolher de 2 a 3 produtos, a princípio para fazer essa parceria inicial, criar um relacionamento com esse vendedor.

Conforme você for vendendo, você vai aumentando a quantidade de produtos e a diversificação.

Vale ressaltar que é muito importante você trabalhar com produtos que você vai ter um preço final a partir de R$29.

Antes de entrarmos em contato com o vendedor e fazer a parceria, precisamos chegar ao cálculo mais ou menos quanto custa essa peça para ele. Mas, mesmo fazendo esse cálculo, não vamos identificar o valor exato.

O cálculo que você precisa fazer, inclui a taxa de comissão da plataforma, os impostos, custo de insumos, pegando todos esses valores, você vai tirar eles do valor de venda do produto.

Então a margem líquida após retirar os custos variáveis fica 12% por cada peça vendida, normalmente um vendedor tem uma margem de 10 a 15% de lucro.

Leia também esse artigo: Fornecedor ou Dropshipping na Shopee?

E aí, gostou? Espero que eu tenha ajudado você com esse novo assunto muito interessante. Vou encerrar hoje por aqui, empreendedor, e claro, te espero no artigo de amanhã.

Comente

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!